O essencial


O essencial não será tanto o que reténs. É o que dás de ti mesmo e a maneira como dás.


Não é o tanto o que recebes. É o que distribuis e como distribuis.


Não é o tanto o que colhes. É o que semeias e para que semeias.


Não é o tanto o que esperas. É o que realizas.


Não é o tanto o que rogas. É o que aceitas.


Não é o tanto o que reclamas. É o que suportas e como suportas.


Não é tanto o que falas. É o que sentes e como sentes.


Não é o tanto o que perguntas. É o que aprendes e para que aprendes.


Não é o tanto o que aconselhas. É o que exemplificas.


Não é tanto o que ensinas. É o que fazes e como fazes.


Em suma, na vida do espírito, - a única vida verdadeira, - o essencial não é o que parece. O essencial será sempre aquilo que é.


Autor: Emmanuel (Espírito)

Médium: Francisco Cândido Xavier

Livro: Caminho Espírita. Lição nº 43; Página 97

2 visualizações

Entre em contato conosco caso sua dúvida não tenha sido contemplada entre os itens apresentados aqui.

©2018 por Pensar Espírita.