Antes e agora


Antes era preciso lutar por Jesus nos circos e nos cárceres, afrontando a renunciação e a morte, agora é indispensável combater pelo Cristo, em nós mesmos, vencendo o egoísmo e a ignorância.


Antes era necessário crer, agora é imprescindível edificar.


Antes, o mundo perseguia o discípulo do Cristianismo, impondo-lhe sofrimento e sangue, agora, o mundo espera que o aprendiz da luz se disponha a auxiliá-lo e redimi-lo.


Antes, os seguidores da Boa Nova enfrentavam suplícios e feras para se afirmarem com o Senhor, agora, pelejam na própria carne para alcançar a perfeição.


Antes, o Benfeitor inesquecível recomendava: - Ide e pregai!...


Agora, o Celeste Emissário, por milhares de vozes que descem da altura, proclama solene: - Ide e exemplificai!...


Antes, o programa, agora, a realização.


Filhos do Evangelho, não temamos!...


O Mestre Ressuscitado vem de novo às assembleias dos continuadores de sua obra de redenção humana, reiterando-nos a promessa de que permanecerá conosco até o fim dos séculos!...


Caminhemos servindo, armando o coração de humildade.


Antes, o amor infinito a sustentar-nos, agora, o infinito amor a soerguer-nos!


Cristo avança!...


Cristo reina!...


Ave, Cristo!...


Autor: Frei Pedro de Alcântara (Espírito)

Médium: Francisco Cândido Xavier

Livro: Tempo e Amor

0 visualização

Entre em contato conosco caso sua dúvida não tenha sido contemplada entre os itens apresentados aqui.

©2018 por Pensar Espírita.